Mensagens de Fé

Às vezes fico sabendo que pessoas falaram mal a meu respeito, tentando me caluniar. Quando isto acontece, não me deixo abalar, pois sei que procuro viver de forma a não dar motivos para isso. Porém, se mesmo assim, ocorrer a calúnia, uso a minha compreensão, perdoando a quem tenta me atingir e desejando a todos a paz, a prosperidade e o amor.

Mensagem - O Eco
Uma família resolve aproveitar o final de semana para passear. Pai, mãe e filho vão acampar. No trajeto, o menino que está aprendendo a ler, vê a palavra escrita ECO.
“Pai, o que significa ECO?”
Desviando um pouco do caminho chegam em uma grande cordilheira, param o carro e o pai desce e diz: “Filho, aqui está o ECO, fale o que você quiser!”
Então o menino grita: “Burro!”...burro...burro...burro
De novo: “Feio!”...feio...feio...feio
Imediatamente ele começa a gritar palavrões que voltam para ele multiplicados.
Em um certo momento, o filho olha para o pai e diz: “Pai, vamos embora, que eu não gostei, ele é mal educado!!”
O pai sorri e grita: “Eu te amo!”...eu te amo...eu te amo...eu te amo
Volta e diz: “Você é pequenininho ainda filho, mas aprenda – aquilo que você deseja e faz para os outros retorna para você multiplicado!”
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém

Oração - Viagem com Jesus Cristo
Eu convido você a imaginar uma igreja onde a presença de Deus é muito forte. Se coloque no altar do senhor, de joelhos. Do outro lado do altar imagine Jesus chegando. Nesse momento Jesus se aproxima. Olhe para Ele. Segure nas mãos de Deus. Coloque tudo que tem angustiado você nas mãos dele. Jesus levanta você. Você se transforma em uma criança nos braços de Jesus! E Ele leva você para o trono da graça, o trono do Pai Todo Poderoso. Ele é o Caminho, a Verdade e a Vida e só por Ele atinge o caminho da graça. Os anjos purificam o seu corpo e coração. Jesus toca sua boca purificando-a. Sinta-se livre de todos os problemas. Você foi enviado a evangelizar!
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém

História: EVANGELIZANDO
Uma pessoa que apareceu um dia em sua pregação carregando uma gaiola, colocou-a no balcão e começou a falar: “Estava andando pela rua, ontem, e vi um menino levando essa gaiola com três pequenos passarinhos dentro, com frio e com medo. E eu perguntei: ‘Menino, o que você vai fazer com esses passarinhos?’
Ele respondeu: ‘Levá-los para casa, tirar as penas, queimá-los, vou me divertir com eles’.
‘Quanto você quer por esses passarinhos, menino?’
O menino respondeu: ‘Você não vai querer, eles não servem para nada, são feios!’
O pregador comprou por 10 dólares e os soltou em uma árvore.
Um dia Jesus e Satanás estavam conversando e Jesus perguntou a Satanás o que ele estava fazendo para as pessoas aqui na terra e ele respondeu que estava se divertindo com elas, ensinando a fazer bombas, matar, a verem filmes que não prestam, a odiar umas às outras, a se drogar – estava se divertindo muito.
Depois Jesus perguntou o que iria fazer com elas: ‘Vou matá-las, acabar com elas’.
Jesus perguntou: ‘Quanto você quer por elas’?
Satanás respondeu: ‘Você não vai querer estas pessoas, elas são traiçoeiras, mentirosas, falsas, egoístas, avarentas, elas não vão te amar de verdade, vão te bater, te cuspir no rosto, vão te desprezar, nem vão levar em consideração o que você fizer.’
‘Quanto você quer por elas Satanás?’
‘Quero toda tua lágrima e todo teu sangue’.
Trato feito, Jesus pagou o preço da nossa liberdade. Como nos esquecemos de Jesus?
Acreditamos em tudo que nos ensinam, mas sempre questionamos as coisas que vem de Deus.
Todos querem um dia estar com Deus, mas não querem conhecê-lo e amá-lo.

Ainda há tempo de evangelizar!


Mensagem - Josué
Josué convocou a Siquém todas as tribos de Israel, , seus anciãos, seus chefes, seus juízes e seus oficiais e disse: “Agora, pois, temei o Senhor e servi-o com toda a retidão e fidelidade. Tirai os deuses que serviram vossos pais além do rio e no Egito, e servi o Senhor. Porém se vos desagrada servir o Senhor, escolhei hoje a quem quereis servir: se aos deuses, a quem serviram os vossos pais além do rio, se aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais. Porque, quanto a mim, eu e minha família serviremos ao Senhor.”
O povo respondeu: “Longe de nós abandonarmos o Senhor para servir outros deuses. O Senhor é o nosso Deus, ele que nos tirou, a nós e a nossos pais, da terra do Egito, da casa da servidão; e que operou à nossa vista maravilhosos prodígios e guardou-nos ao longo de todo o caminho que percorremos, entre todos os povos pelos quais passamos. O Senhor expulsou diante de nós todas essas nações, assim como os amorreus que habitam na terra. Nós também, nós serviremos o Senhor, porque ele é o nosso Deus.”
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém

Oração - Viagem com Jesus Cristo
Os serafins se mantinham junto dele. Cada um deles tinha seis asas; com um par (de asas) velavam a face; com outro cobriam os pés; e, com o terceiro, voavam. Suas vozes se revezavam e diziam: “Santo, santo, santo é o Senhor Deus do universo! A terra inteira proclama a sua glória!”
A este brado as portas estremeceram em seus gonzos e a casa, encheu-se de fumo.
“Ai de mim, gritava eu. Estou perdido porque sou um homem de lábios impuros e, habito com um povo (também) de lábios impuros e, entretanto, meus olhos viram o rei, o Senhor dos exércitos!”
Porém, um dos serafins voou em minha direção; trazia na mão uma brasa viva, que tinha tomado do altar com uma tenaz. Aplicou-a na minha boca e disse: “Tendo esta brasa tocado teus lábios, teu pecado foi tirado, e tua falta, apagada.”
Ouvi então a voz do Senhor que dizia: “Quem enviarei eu? E quem irá por nós?”
- “Eis-me aqui, disse eu, enviai-me”.

Eu convido você a imaginar uma igreja onde a presença de Deus é muito forte. Se coloque no altar do senhor, de joelhos. Do outro lado do altar imagine Jesus chegando. Nesse momento Jesus se aproxima. Olhe para Ele. Segure nas mãos de Deus. Coloque tudo que tem angustiado você nas mãos dele. Jesus levanta você. Você se transforma em uma criança nos braços de Jesus! E Ele leva você para o trono da graça, o trono do Pai Todo Poderoso. Ele é o Caminho, a Verdade e a Vida e só por Ele atinge o caminho da graça. Os anjos purificam o seu corpo e coração. Jesus toca sua boca purificando-a. Sinta-se livre de todos os problemas. Agradeça!
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém

História: EVANGELIZANDO
Um famoso escritor se refugiou numa ilha de pescadores, na intenção de escrever um livro.
Todas as manhãs ele caminhava pela praia pra relaxar e buscar inspiração e ao entardecer começava a escrever.
Uma certa manhã algo lhe chamou a atenção. Um vulto ao longe parecia bailar e curioso ele se aproximou para ver de perto.
Chegando bem perto ele viu um menino devolvendo as estrelas-do-mar de volta para a água.
Esta cena se repetiu por vários dias, até que um dia intrigado ele se aproximou da criança e lhe perguntou porque todos os dias ele as devolvia para o mar.
O menino respondeu que estava salvando as estrelas do mar devolvendo-as ao oceano, pois o sol do meio-dia as destruiria.
O escritor riu com ar de descaso e disse-lhe – Menino, veja só esta praia, que diferença isto pode fazer? Nela há milhares de estrelas-do-mar e no mundo todo há milhares e milhares que você não vai conseguir salvar.
A criança olhando para a estrela que ainda estava em suas mãos e respondeu: Moço, para esta aqui eu vou fazer a diferença! E lançou-a!
Com esta resposta o escritor voltou para sua casa e neste dia não conseguiu mais escrever, tampouco conseguiu dormir quando a noite chegou.
Logo pela manhã ele voltou à praia e junto com a criança devolveu várias estrelas para o mar!
E você? Quer fazer a diferença?

Vamos nos unir e não vamos deixar que filmes com cenas de violência prevaleçam sobre um filme santo!


O MILHO PREMIADO

Essa é uma história de um fazendeiro bem sucedido.

Ano após ano ele ganhava o troféu MILHO GIGANTE da feira da Agricultura do município. Entrava com seu milho na Feira e saía com a faixa azul recobrindo o seu peito.   O seu milho era cada vez melhor.

Numa dessas ocasiões um repórter de jornal ao abordá-lo após a tradicional colocação da faixa ficou intrigado com a informação dada pelo entrevistado sobre como costumava cultivar o seu qualificado e valioso produto.

O repórter descobriu que o fazendeiro compartilhava a semente do seu milho gigante com os vizinhos.

Indagou o repórter: Como o senhor pode dispor a compartilhar a sua melhor semente com seus vizinhos, quando eles estão competindo com o seu a cada ano?

O fazendeiro pensou por um instante e respondeu: Você não sabe? O vento apanha o pó do milho maduro e o leva de campo para campo. Se meus vizinhos cultivam um milho inferior, a polinização degradará continuamente a qualidade do meu milho. Se eu quiser cultivar milho bom eu tenho que ajudar os meus vizinhos a cultivarem milho bom.

Ele estava atento. Olha que sabedoria do fazendeiro. O milho dele não poderia melhorar se o milho do vizinho também não tivesse a qualidade melhorada.

Assim é também outras dimensões de nossa vida, aqueles que escolhem estar em paz devem fazer com que seus vizinhos estejam em paz, aqueles que querem viver bem têm que ajudar os outros para que vivam bem. E aqueles que querem ser felizes, têm que ajudar os outros a encontrar a felicidade, pois o bem estar de cada um está ligado ao bem estar de todos.


O SERVO DO CENTURIÃO

Entrou Jesus em Cafarnaum. Um Centurião veio a ele e fez esta súplica: “Senhor, meu servo está sofrendo muito, está na cama paralítico”.    E disse-lhe Jesus: “Eu irei e o curarei”.

Respondeu o Centurião: “Senhor, eu não sou digno de que entres em minha casa, diga uma só palavra e meu servo será curado, pois eu também sou subordinado e tenho soldados às minhas ordens. Eu digo a um vai, ele vai, a outro vem e ele vem e a meu servo faze isto e ele faz”.

Ouvindo isto, cheio de admiração, disse Jesus aos presentes: “Em verdade, em verdade eu vos digo não encontrei semelhante fé em ninguém de Israel, por isso eu vos declaro que multidões virão do Oriente, do Ocidente e se assentarão no reino dos céus com Abraão, Isac e Jacó, enquanto os filhos do reino serão lançados nas trevas exteriores onde haverá choro e ranger de dentes”.

Depois disso dirigiu-se ao Centurião e disse: “Vai, seja-te feito conforme a tua fé”.  Na mesma hora o servo ficou curado.


O PÃO NOSSO DE CADA DIA

Joaninha costumava entrar na igreja antes de chegar à escola.  Saía de casa quase sempre em jejum, pois a família era muito pobre.

Ajoelhava-se diante do altar, colocava os livros no chão, pois nem tinha mochila escolar, fazia uma oração e continuava o caminho.

Numa dessas visitas, estava com muita fome, rezou alto com voz suplicante:
- Pai Nosso que estás no céu, santificado seja o vosso nome – pensava estar sozinho na igreja , quando chegou no Pão nosso de cada dia nos daí hoje, lembrou-se do pão com manteiga que uma colega repartira com ela no dia anterior e acrescentou – com manteiga nos dai hoje.

Terminada a oração, fez o sinal da cruz, pegou os livros e saiu.

Quando chegou na escola prestou pouca atenção na aula, com o estômago vazio não era fácil estudar e para ajudar não havia merenda escolar.

Ao voltar para casa teve uma surpresa. A mãe foi ao seu encontro dizendo alegremente: “Veja minha filhinha o que recebemos hoje!”

E mostrou uma grande cesta com mantimentos, arroz, feijão, açúcar, sal, óleo, frutas, pão e uma lata de manteiga.

- Quem trouxe mãe?
- Foi uma mulher, chegou de carro, descarregou os presentes, mas não quis dizer o seu nome.

A menina nunca ficou sabendo que aquela benfeitora desconhecida estivera também na igreja naquele dia e ouvira sua oração angustiada.

Foi o bom Deus que escutou! Mas Deus precisa de nós para realizar suas obras! Fiquemos atentos para escutar a voz de Deus pois ele nos fala de maneiras que nunca imaginamos!


AJUDANDO A CHORAR

A menina chegou em casa atrasada para o jantar. Sua mãe tentava acalmar o nervoso pai que pedia explicações por que ela estava atrasada.

A menina respondeu que tinha parado para ajudar Mariana, sua amiguinha, porque ela tinha levado um tombo e sua bicicleta tinha se quebrado.

A mãe lhe perguntou: “E desde quando você sabe consertar bicicletas Aninha?”
“Eu não sei consertar bicicletas – disse a menina – eu só parei para ajudá-la chorar”.

Talvez nós não saibamos consertar bicicletas, você sabe? Eu não sei.

E quando nossos amigos caíram ou quebraram, não as suas bicicletas, mas as suas vidas.

Poucas vezes tivemos capacidade para consertá-las. Não podemos simplesmente consertar a vida de outra pessoa, embora isto seja o que nós gostaríamos de fazer, mas como Aninha nós podemos parar para lhes ajudar a chorar.


UM ENORME CORAÇÃO

Uma sorveteria famosa sempre estava lotada nos dias de calor.

Sorvete delicioso, sabores variados, clientela bem atendida, homens, mulheres, crianças todos faziam fila e aguardavam pacientemente a sua vez. Tudo por um sorvete gostoso, refrescante.

A menina sozinha, com dinheiro na mão, também entrou na fila, esperou sem reclamar mesmo quando os garotos passaram a sua frente sem cerimônia, sem polidez.

Quando chegou ao caixa, antes que pudesse falar qualquer coisa, o funcionário lhe ordenou que saísse e lesse o cartaz na porta.

Ela baixou a cabeça, engoliu em seco e saiu e leu o cartaz bem grande na porta de entrada: PROIBIDO ENTRAR DESCALÇO

Olhou para seus pés descalços e sentiu as lágrimas chegarem aos olhos, o gosto do sorvete não comprado se diluindo na boca e ia se retirando cabisbaixa quando uma mão forte e grande a tocou no ombro. Era um homem alto, grande, para a menininha ele parecia um gigante. Foi com ele até o balcão, ele tirou as suas sandálias nº 46 e os colocou em frente a ela, depois a suspendeu e colocou os pés dela nos seus sapatos.

“Eu fico aqui esperando - disse ele – vá buscar o seu sorvete, não tenha pressa, pode ir!”

Ela foi deslizando arrastando os pés até o caixa, comprou a sua ficha e saiu vitoriosa com seu sorvete na mão.

Quando foi devolver os sapatos para aquele homem de pés grandes, barriga grande ela se deu conta de que tinha pés enormes, mas muito maior ainda era o seu coração.

Amar ao próximo é fazer a alegria de alguém por mais insignificante que ela possa parecer, é perceber a necessidade embutida nos olhos tristes, é ouvir os soluços afogados na garganta e os pedidos jamais expressos. Amar ao próximo é simplesmente ter a capacidade de olhar um pouco além de si mesmo.


EVANGELHO DE SÃO MARCOS - Mc 5, 21-43

Jesus atravessou de novo, numa barca, para a outra margem. Uma numerosa multidão se reuniu junto dele, e Jesus ficou na praia. Aproximou-se, então, um dos chefes da sinagoga, chamado Jairo. Quando viu Jesus, caiu a seus pés, e pediu com insistência: “Minha filhinha está nas últimas. Vem e põe as mãos sobre ela, para que ela sare e viva!” Jesus então o acompanhou. Uma numerosa multidão o seguia e o comprimia.

Ora, achava-se ali uma mulher que, há doze anos, estava com uma hemorragia; tinha sofrido nas mãos de muitos médicos, gastou tudo o que possuía, e, em vez de melhorar, piorava cada vez mais. Tendo ouvido falar de Jesus, aproximou-se dele por detrás, no meio da multidão, e tocou na sua roupa.

Ela pensava: “Se eu ao menos tocar na roupa dele, ficarei curada”.

A hemorragia parou imediatamente, e a mulher sentiu dentro de si que estava curada da doença.

Jesus logo percebeu que uma força tinha saído dele. E, voltando-se no meio da multidão, perguntou: “Quem tocou na minha roupa?”

Os discípulos disseram: “Estás vendo a multidão que te comprime e ainda perguntas: ‘Quem me tocou?’” Ele, porém, olhava ao redor para ver quem havia feito aquilo.

A mulher, cheia de medo e tremendo, percebendo o que lhe havia acontecido, veio e caiu aos pés de Jesus, e contou-lhe toda a verdade.

Ele lhe disse: “Filha, a tua fé te curou. Vai em paz e fica curada dessa doença”.     Ele estava ainda falando, quando chegaram alguns da casa do chefe da sinagoga, e disseram a Jairo: “Tua filha morreu. Por que ainda incomodar o mestre?”  Jesus ouviu a notícia e disse ao chefe da sinagoga: “Não tenhas medo. Basta ter fé!”   E não deixou que ninguém o acompanhasse, a não ser Pedro, Tiago e seu irmão João. Quando chegaram à casa do chefe da sinagoga, Jesus viu a confusão e como estavam gritando e chorando. Então, ele entrou e disse: “Por que essa confusão e esse choro? A criança não morreu, mas está dormindo”.

Começaram então a caçoar dele. Mas, ele mandou que todos saíssem, menos o pai e a mãe da menina, e os três discípulos que o acompanhavam. Depois entraram no quarto onde estava a criança. Jesus pegou na mão da menina e disse: “Talitá cum” – que quer dizer: “Menina, levanta-te!” Ela levantou-se imediatamente e começou a andar, pois tinha doze anos. E todos ficaram admirados. Ele recomendou com insistência que ninguém ficasse sabendo daquilo. E mandou dar de comer à menina.


Mensagem - Salmos: (97/96):

R. Cantai ao Senhor Deus um canto novo, manifestai os seus prodígios entre os povos!
1. Cantai ao Senhor um cântico novo. Cantai ao Senhor, terra inteira. Cantai ao Senhor e bendizei o seu nome, anunciai cada dia a salvação que ele nos trouxe. - R.
2. Cantai ao Senhor e bendizei o seu nome, anunciai cada dia a salvação que ele nos trouxe. Proclamai às nações a sua glória, a todos os povos as suas maravilhas. - R.
3. Tributai ao Senhor, famílias dos povos, tributai ao Senhor a glória e a honra, tributai ao Senhor a glória devida ao seu nome. Trazei oferendas e entrai nos seus átrios. - R.
4. Adorai o Senhor, com ornamentos sagrados. Diante dele estremece a terra inteira. Dizei às nações: O Senhor é rei. E (a terra) não vacila, porque ele a sustém. Governa os povos com justiça. - R.


QUE DEUS ABENÇOE A TODOS NÓS!

Oh! meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno,
levai as almas todas para o céu e socorrei principalmente
as que mais precisarem!

Graças e louvores se dê a todo momento:
ao Santíssimo e Diviníssimo Sacramento!

www.todosjesus.info
Free DVDs, Articles & Books
FREE DVDs & VIDEOS
WATCH & DOWNLOAD ALL OUR DVDs & VIDEOS FOR FREE!